Como se preparar para conquistar investidores musicais

E aí, cantor? 

Procurando por investidores musicais em seu projeto? 

Ou aquela oportunidade que você tanto pede para sua carreira?

Talvez eu tenha tocado em um assunto delicado (ou muito desejado)… Mas saber como conquistar e conversar com possíveis investidores do seu trabalho é fundamental. Afinal, são esses caras que vão soltar aquilo que para muitos é umas das coisas mais importantes para uma carreira: $$$. 

De todo modo, eu sei o quanto é complicado chegar em investidores musicais e conversar sobre um projeto que necessita de investimento. Muitos cantores, duplas e bandas acabam ficando confusos e desistem no meio do caminho, ou exageram logo no início. 

Mas, antes de sair correndo atrás de contratos artísticos, quero que leia as minhas dicas. Tenho mais de 15 anos de experiência vividos com os bastidores de uma carreira musical, e pode ter certeza que conheço muitos investidores de pertinho – e eles vão avaliar TUDO sobre o seu trabalho antes de colocar a grana na mesa.

Eu já falei nesse outro conteúdo sobre como os empresários musicais escolhem novos talentos para investir e quais comportamentos eles avaliam nos cantores, duplas e bandas. No entanto, hoje vou falar sobre como se preparar para conversar com esses investidores, uma vez que você tenha conseguido a oportunidade de apresentar seu projeto para eles. 

Ficou curioso? Então bora acompanhar comigo algumas dicas valiosas de como conquistar investidores musicais. Tenho certeza que o conteúdo vai abrir a sua mente para uma série de oportunidades de verdade. Bora lá?

Assuma o compromisso

O primeiro passo é levar a música como negócio. Esqueça aquela história de cantar apenas por brincadeira! Quer conquistar investidores musicais? Então, não tem plano B. 

Mas e se eu te contar que 90% dos artistas da noite não levam a música como trabalho?

Muitos deles porque não sabem o que fazer, quem procurar ou até mesmo por achar que não cantam bem. E aí, meu amigo, ninguém vai fazer tudo por você… É necessário assumir a responsabilidade (e o risco) do negócio. 

Deixe a parte glamourosa pra depois

Nenhum dinheiro vem fácil… Ainda mais dos investidores musicais. Não quero te desanimar, mas a caminhada é longa e você precisa ser forte. É trabalho atrás de trabalho, muitas vezes conciliando com uma jornada dupla em outra profissão. Mas a música não pode ser deixada de lado, por mais difícil que seja. 

Bom, pra tranquilizar, pense na parte glamurosa – mas ela vem só lá na frente, depois de muitos projetos planejados e feitos com êxito. Nem estou falando de sucesso, que isso fica para depois, Ok? 

Sem desculpinhas, pois vão estar de olho

Antes do investidor musical entrar na jornada contigo, ele vai preparar formas de avaliar, preparar e provocar o seu artista. E isso é muito válido, né? Pensa que o nome dessa pessoa vai estar em jogo, então, ele vai acompanhar tudo de perto. Ele será seu sócio na carreira e o retorno do investimento dele dependerá da sua performance, então tenha consciência disso.

Quer ver? O investidor pode propor uma proposta para uma ou duas músicas, ou até para três meses onde você passará por algumas tarefas e rotinas. Essa será a forma dele perceber se você está apto para receber tal investimento. Cada tijolinho conta e então as recompensas chegam!

Vá lapidando seu talento

Assim como em outras profissões, a música exige disciplina. Por isso, é indispensável aprimorar o seu potencial vocal, escrever letras, tocar algum instrumento e praticar. 

O primeiro passo é não ter vergonha de começar algo novo e de se preparar com os fundamentos básicos e essenciais. Todo mundo começa na faixa branca!

Pense que todo o esforço será reconhecido pelos investidores musicais. Eles precisam te ver como uma pessoa mais esforçada e que está constantemente em busca de se tornar um artista melhor. 

Mostre o seu crescimento

Nos últimos seis meses você cresceu? Ou só apareceu? 

Para conseguir investidores musicais, você deve olhar para a sua produção, para os seus conteúdos e, principalmente, para a sua música. Veja o quanto você cresceu! E não tem problema se forem números pequenos… Também é válido olhar para o seu crescimento pessoal, para seu planejamento e execução, para a fidelização da audiência e outras coisas mais.

Planeje o conteúdo das mídias sociais

Uma das formas de estar mais próximo de possíveis investidores musicais será por meio das mídias sociais. Para falar bem a verdade, esses canais são excelentes para colocar seu trabalho no ar, atingir mais pessoas e chamar a atenção dos primeiros contratantes. 

Se você já se perguntou como divulgar minha música no Instagram, saiba que existem várias possibilidades, como os Reels e Stories. De alguma forma, os conteúdos podem atingir investidores do mercado musical. 

Retorno x Investimento

Para conquistar investidores musicais, não adianta só chegar e pedir dinheiro. 

Quer grana para um videoclipe? Beleza! Mas qual é o retorno em cima disso? Se é bucha, o dinheiro vai embora e não se sabe o que acontece. E pode confiar em mim, a conversa com investidores é diferente – eles querem saber qual é o retorno em cima do investimento. 

Na realidade, eles querem algo mais dhireto e concreto. Na conversa com o investidor, release, por exemplo, não tem muita utilidade – e dificilmente são lidos. 

Então, como vamos amarrar as coisas? Sendo mais direto: apresentando a necessidade e o retorno em cima do investimento. Procure mostrar para onde vai o dinheiro, o planejamento, os próximos passos, estratégias e a forma como você pretende trazer o retorno para o investidor. É um negócio e um cálculo. A conta precisa fechar.

As sugestões ficam para dividir os royalties, participar como produtor fonográfico dos fonogramas que lançarem juntos, disponibilidade para presença em eventos e festas particulares, uso da imagem para publicidade junto às empresas da região, criar produtos exclusivos e a receita da venda de shows! Entre outras mais! Viu só?

Gerencie bem o investimento que recebeu

Conseguiu um investidor musical para o seu trabalho? Incrível! Mas tome cuidado para não ser um tiro no pé devido às questões administrativas do seu negócio. 

Já vi muitos casos de artistas pegarem o dinheiro, usarem de maneira indevida e depois não conseguirem pagar nem os titulares – isso gera uma confusão danada, meu amigo! Para o investidor isso é um risco enorme!

Hoje existem opções bem interessantes de administrar o seu investimento. Uma boa estratégia financeira pode ajudar em muitos recursos, além de colocar a sua carreira em outro patamar. 

Guenta aí e segura o tranco!

Como eu disse no começo desse texto, conseguir investidores musicais pode ser um grande desafio. Mas assim como em outras profissões, vão existir momentos altos e baixos. Na música, não é diferente (se não até pior). 

Mas um conselho que eu posso dar é, por mais clichê que seja, é para não desistir do seu sonho. Não perca tempo admirando o gramado do vizinho. Cuide do seu para trazer resultados para ambos. Nem sempre um caminhão de dinheiro ajuda no sucesso da operação. A qualidade, o foco e a estabilidade emocional são atributos que contam muitos pontos. 

E aí, pronto para conquistar investidores musicais? Caso precise de uma ajuda nestes primeiros passos da sua carreira, pode contar comigo! Tenho experiência com marketing musical e podemos bater um papo, bora? Agende a sua consultoria! Não tenha dúvidas que será excelente para sua carreira. Abraço!

Comentários

comentários